Posts com Tag ‘parabéns’

Hoje é aniversário de 80 anos da marca Lego. E como você pode conferir no vídeo do link abaixo, não significa 80 anos de blocos de plástico. Em 17 minutos, a companhia explica o começo da empresa, que só foi possível com muito trabalho e dedicação.

A história é cheia de momentos tristes, tocantes, tragédias e triunfo. Algo interessante de se ver, levando em conta onde a marca chegou nos dias de hoje.

O vídeo mostra três gerações da família Christiansen, em Billund, Dinamarca, onde os famosos blocos de montar surgiram pela primeira vez. O resto fica para você conferir. E depois certamente desejar mais 80 anos de vida para este incrível brinquedo que marcou e marca a vida de tanta gente.

Veja o vídeo aqui.

~\\|//~
 -(o o)- RODRIGO SILVA
Anúncios

Ah, o GIF. Se você ama a Internet, você ama aquele formato de arquivo de imagem comicamente comprimido e magicamente animado. Chamado oficialmente de Graphics Interchange Format, o GIF faz 25 anos hoje e tem uma longa história desde a sua origem humilde no GeoCities. Hoje ele é o queridinho da Internet.

É incrível como o GIF se reinventou de globos girando e sirenes de polícia nos terríveis sites da década de 1990 (heh) para se transformar na única forma de comunicação online (sem ser vídeo) capaz de traduzir verdadeiramente emoções através da rede. (mais…)

Há 50 anos, em abril de 1962, os homens-de-lego-das-cavernas inventavam a roda. Foi o primeiro grande marco da história dos Lego desde que a sociedade das figurinhas de plástico descobriu como transformar minérios de plástico bruto em blocos de montar.

Desde então, a Lego fabricou tantas rodas que se tornou a maior fabricante de pneus do mundo, com uma produção de 381 milhões por ano.

O primeiro kit, de código 400, foi lançado em 1962 e era composto por apenas rodas. Essa rodas – pneus brancos com eixos separados que se encaixavam em qualquer um dos lados de um bloco 4×2 especial – substituíram jogos que vinham com carrinhos de brinquedo não-Lego.

Eu tive um desses jogos, dos primórdios (só tinha três cores!), e ainda que fossem bem legais (Fusquinhas com rodas de ferro!) eles não tinham a versatilidade de um verdadeiro carro de Lego, nem todas as possibilidades que eles proporcionam.

Desde aquela época, houve todo tipo de roda, desde as pequenas padrão dos blocos 2×2, passando por rodas motorizadas para os veículos lunares, até a maior de todas as rodas Lego, um monstro de 10 centímetros no kit Power Puller.

Para celebrar essa ocasião especial, vou revelar pela primeira vez na história o truque supersecreto que desenvolvi quando criança para fazer veículos mais largos do que o bloco 2×2 com rodas comum permitia. Pronto? Pegue o bloco e remova uma das rodas, deixando-o com uma roda e um pino vermelho do outro lado.  Use essas peças nas extremidades do seu carro mais largo, formando a “plataforma” ao serem encaixadas em uma peça chata.

É só isso – o método para fazer carros mais largos com os Legos que eu tive nos anos 80, e não tenho certeza se alguém já pensou nisso.