Posts com Tag ‘padao nomes tabelas’

databasemodel1
Pode-se dizer que, em muitos aplicativos, atualmente, o banco de dados é a ‘alma’ do sistema. Acredito que grande parte dos softwares atualmente pode ser vista basicamente como ferramentas criadas para inserir, extrair e realizar algum processamento sobre dados de uma empresa ou órgão.

Durante o processo de desenvolvimento, estas manipulações sobre os dados podem ser muito dificultadas caso o banco de dados não tenha sido bem organizado ou não se tenha utilizado alguma metodologia para sua criação. Bem, no momento eu não estou falando sobre um banco de dados relacional e normalizado até a 3ª forma normal, mas sim da própria escolha dos nomes de tabelas e colunas do banco.

Quando você cria um banco de dados pequeno, com poucas tabelas, isso não parece um assunto muito importante, mas quando você precisa trabalhar com sistemas com centenas de tabelas, as coisas mudam. Poderá ser um suplício conseguir extrair alguma infomação de um banco que não segue nenhuma regra sobre a nomeação das tabelas, relacionamentos e colunas.

Por esse motivo resolvi criar um pequeno tutorial propondo uma metodologia para a criação de nomes de tabelas e colunas do banco de dados. Este tutorial foi feito com base na observação de práticas comuns em bancos de dados ‘bem feitos’ e na minha própria experiência como desenvolvedor.

Acredito que a utilização metodologias como essa irá reduzir os custos de desenvolvimento e manutenção do software, facilitando e tornando mais intuitiva a construção de queries SQL para inserção e extração de dados.

Um grande problema com a nomenclatura dos bancos de dados é que não há padrões, uma coisa que um desenvolvedor considera uma boa prática, outro pode achar algo ruim. É uma questão de gosto e costume. Meu principal objetivo com esse post é realizar uma discutição sobre o assunto e tornar o desenvolvimento mais rápido e intuitivo, portanto quero incentivar críticas ao modelo proposto e a colaboração com novas idéias.

Como já foi dito, o tutorial contém um apanhado de práticas comuns em bancos de dados, como a utilização de abreviaturas e prefixos, mais algumas adaptações minhas para tornar a localização dos dados e dos relacionamentos mais intuitiva.

Bem, vamos logo ao tutorial:
(mais…)

Anúncios