Posts com Tag ‘C#’

erro_vs2010

Eu recentemente atualizei alguns projetos do Visual Studio 2010 para o Visual Studio 2012.

Quase tudo correu muito bem mas eu topei com um problema com algumas assemblies COM que faziam parte do projeto.

No início, o projeto ASP.NET Web Application  realizava build sem problemas, mas então eu tive esse erro ao visitar algumas das páginas:

Could not load file or assembly ‘Interop.AssemblyName’ or one of its dependencies.

An attempt was made to load a program with an incorrect format.

Description: An unhandled exception occurred during the execution of the current web request. Please review the stack trace for more information about the error and where it originated in the code.
Exception Details: System.BadImageFormatException: Could not load file or assembly ‘Interop.AssemblyName’ or one of its dependencies. An attempt was made to load a program with an incorrect format.

Minha solução para esse problema foi remover a  assemblies COM das referências do Visual Studio e, em seguida, adicioná-lo de volta (não tenho certeza que esta era a solução correta, mas funcionou.)

Mas então, quando eu adicionei o COM de volta no projeto como uma referência, não pude mas realizar o build  do projeto:

Interop type ‘AssemblyName.ClassName’ cannot be embedded

E outros, indicando que o projeto não estava vendo a referência ao assembly COM. Felizmente esta questão  StackOverflow question (Interop type cannot be embedded) tinha a resposta.

SOLUÇÃO: (mais…)

Anúncios

boasPraticas

JavaScript

Depois de alguns diversos casos de falta de padronização e com o apoio do amigo Marcelo Aguirre ( sim o irmão do Dedé que ta sempre por aqui)…

Retirei esta tabela do MSDN, e acho(e uso!) interessante essas regras pois ajudam a manter o código mais organizado !!!

Tá certo que nem todos os componentes são iguais e algums nem existam no java, mas muitos caem como uma luva, como o lbl(Label), btn(Button), txt(TextBox), frm(Form{na verdade é frame ne =P}) e etc …

Ta aí a tabelinha bonitinha das regras que ajudam a manter um código limpo. (mais…)

Navegadores diferentes, e diferentes versões dos mesmos navegadores, suportam recursos diferentes.Em seu aplicativo, você talvez precise determinar que tipo de navegador de um usuário está exibindo páginas, e talvez determinar se o navegador oferece suporte a alguns recursos.

Este artigo pretende mostrar como detectar o navegador do lado do cliente. Eu uso a classe HttpBrowserCapabilities usando a linguagem C #.

A classe HttpBrowserCapabilities dá informações sobre as capacidades do navegador que está sendo executado no cliente.

É preciso o namespace System.Web.

Propriedades HttpBrowserCapabilities são acessíveis através da propriedade Browser ASP.NET’s.

Eis os membros HttpBrowserCapabilities: (mais…)

erro_visual_studio

Como sempre …Assustador, não é?

Eu lá no meu VS2008, Win7 32bits em meu laptop..Build Web Site e…problemas…eu tentava adicionar alguns JQuerys ao meu sistema C # e fui recebido pela seguinte mensagem de erro:

The CodeDom provider type “Microsoft.VJSharp.VJSharpCodeProvider, VJSharpCodeProvider, Version=2.0.0.0, Culture=neutral, PublicKeyToken=b03f5f7f11d50a3a” could not be located.

Duplo clique sobre o erro…e …é isso aí. Nenhum arquivo, nenhuma linha, nenhum projeto. Nenhum lugar para olhar para o problema específico. PUTZZZZZZ!

A configuração do web.config e as referências de projeto não mostrou nada de suspeito – sendo assim.. o Google parecia ser a única opção razoável. Uma rápida pesquisa e poucas informações.. desvendado o mistério 🙂 (mais…)

Um breve relato da história da Programação Orientada a Objetos

O termo Programação Orientada a Objetos foi criado por Alan Kay, autor da linguagem de programação Smalltalk. Mas mesmo antes da criação do Smalltalk, algumas das ideias da POO já eram aplicadas, sendo que a primeira linguagem a realmente utilizar estas idéias foi a linguagem Simula 67, criada por Ole Johan Dahl e Kristen Nygaard em 1967. Note que este paradigma de programação já é bastante antigo, mas só agora vem sendo aceito realmente nas grandes empresas de desenvolvimento de Software. Alguns exemplos de linguagens modernas utilizadas por grandes empresas em todo o mundo que adotaram essas idéias: Java, C#, C++, Object Pascal (Delphi), Ruby, Python, Lisp, …

A maioria delas adota as idéias parcialmente, dando espaço para o antigo modelo procedural de programação, como acontece no C++ por exemplo, onde temos a possibilidade de usar POO, mas a linguagem não força o programador a adotar este paradigma de programação, sendo ainda possível programar da forma procedural tradicional. Este tipo de linguagem segue a idéia de utilizar uma linguagem previamente existente como base e adicionar novas funcionalidades a ela.

Outras são mais “puras”, sendo construidas do zero focando-se sempre nas idéias por trás da orientação a objetos como é o caso das linguagensSmalltalkSelf e IO, onde TUDO é orientado a objetos.

(mais…)