Posts com Tag ‘andorid’

ROMs Odexeds é aquela na qual seus arquivos principais são movidos para outras áreas para um inicialização mais rápida, enquanto que a as ROMs Deodexeds esses arquivos são compilados para dentro da APK.

Para saber indentificar se seu smartphone está com uma ROM Deodexed ou Odex, basta abrir aplicativo Root Explorer (ou qualquer explorador de arquivos) e navegue para “sistema / / app” e verificar se há arquivos com extensão “.Odex
Se sim, então a sua ROM é Odex
Caso contrário, o ROM é Deodexed.

Os benefícios de se ter uma ROM Odex:
1. Mais espaço em “/ dados” partição.
2. Primeiro arranque é mais rápido.

Os benefícios de se ter uma ROM Deodex:
1. Você pode personalizar a ROM do jeito que você quiser, sem se preocupar com odexes.

 

Thread Atual do XDA, de onde o conteúdo foi editado e extraídoAQUI.

Anúncios

O Facebook, que antes fornecia iPhones a seus funcionários, parece que mudou de ideia  e atualmente tem pedido para que seus funcionários substituam seus iPhones por gadgets com Android. Mas qual o motivo deste pedido…?

Por mais que possa parecer estranho, o pedido não é nenhuma medida contra a Apple. Na verdade, se trata de um esforço intenso para melhorar o funcionamento de seu aplicativo para Android. Para isso, o Facebook espalhou cartazes por sua sede pedindo que seus funcionários troquem seus iPhones por Androids.

A campanha vem sendo chamada de “Droidfooding” e começou em agosto deste ano. A ideia da empresa é intensificar as trocas para que mais funcionários passem a usar o Android e, com isso, ajudem a identificar falhas no app oficial da rede social. Atualmente, o aplicativo do Facebook recebe duras criticas pela lentidão, problemas e falta de ferramentas.

Entre diversas informações, alguns cartazes mostram dados de mercado, citando os dispositivos Android como os maiores consumidores de dados até 2016, superando os gadgets com iOS. Além disso, é possível observar a frase “Substitua hoje”, com um endereço para envio de mensagens para obter mais informações a respeito da troca.

Até então, o Facebook tinha em seu pacote de benefícios a distribuição de iPhones entre seus funcionários, mas com o crescimento do Android o foco dos investimentos da rede foi alterado, e agora os aparelhos com o OS do Google são a bola da vez.O que você acha desta iniciativa do Facebook?

Desde o início, o Android foi desenvolvido para funcionar na maior variedade possível de hardware. Ele foi projetado para ser flexível e, portanto, funcionar em qualquer dispositivo.

Não que seja possível simplesmente colocar o Android em qualquer eletrônico para que ele rode, mas sabemos que com as adaptações necessárias, ele é capaz de atender a uma grande variedade de aparelhos.

Depois de ver o Android em smartphones, tablets, TVs e smartwatches, poderemos observar em breve uma nova tendência – Android em câmeras digitais. Nós já sabemos que a Samsung pode estar trabalhando em uma câmera com Android digital, e esperamos que as outras empresas sigam essa idéia, pois é bastante promissora.

Como as câmeras de smartphones se tornam cada vez mais avançadas, os telefones estão começando a conseguir muito mais do que uma câmera digital compacta pode fazer, já que além de obter uma boa foto, permite o compartilhamento quase instantâneo da mesma. Isto significa que a câmera digital como um conceito está sob ataque, e pode se tornar obsoleta nos próximos anos. Se os fabricantes de câmeras querem manter-se neste mercado, eles precisam começar a inovar em suas criações. (mais…)

android_ics_rodrigoesilva

O código do Ice Cream Sandwich foi lançado em novembro. Porém cinco meses depois, nem 3% dos aparelhos rodam a nova versão do Android. As fabricantes já se explicaram, e agora Jean-Baptiste Queru, que comanda o projeto open-source do Android (AOSP), revela mais um motivo para a demora – tem a ver com o código-fonte. E para ele, cinco meses de espera para o ICS “é na verdade um tempo bastante razoável”. Entenda:

Queru comenta no Google+ o lançamento do Android 4.0 para o Sony Tablet S. A Sony também já anunciou o  o calendário de updates para seus outros aparelhos, e todos devem receber ICS até junho. Isso é rápido se comparado às outras fabricantes, e Queru explica o motivo: (mais…)

O Word Lens é aquele app do tipo CACETE COMO VOCÊ FEZ ISSO QUE BRUXARIA É ESSA que fará seu smartphone parecer verdadeiramente futurista. E todas as funções mais interessantes do app para iOS estão na versão para Android, incluindo tradução offline. (Na verdade, o app foi lançado há alguns dias.)

O app substitui o texto da vida real por uma tradução com letras grandes e fáceis de ler. Ele traduz entre inglês e espanhol, italiano e francês (nada de português no momento). Esta versão inicial é decente, mas pouco fluida: a tradução acompanha o movimento da sua câmera, só que o texto acaba saltando muito – você precisa ficar com a mão firme. Por enquanto, o app não é ideal para ler mais que poucas linhas por vez, mas você pode tocar o botão “Pause” para congelar a imagem e ler a tradução com calma.

O Word Lens para Android tem o mesmo preço do iOS: há uma versão “demo” gratuita para você testar o app, e quando você quiser usá-lo de verdade, paga R$10 pela versão completa com um idioma (espanhol, italiano ou francês). Você pode comprar mais idiomas comprando dentro do app; cada um custa mais R$10.

Word Lens Demo (gratuito) | Google Play

Word Lens (R$10) | Google Play via Android Police

~\\|//~
 -(o o)- RODRIGO SILVA