Arquivo da categoria ‘Tecnologia’

[ANDROID] Instalar CYANOGENMOD 10 (JELLY BEAN) NO GALAXY NOTE

Instalar uma ROM customizada geralmente não é um processo exatamente simples: encontre uma ROM, coloque-a no cartão de memória, ligue o dispositivo em modo recovery etc. Isso pode ficar mais fácil, e ficou, tudo graças ao CyanogenMod.

Com o CyanogenMod Installer, já disponível no Google Play, você pode instalar a ROM customizada mais popular do mundo com um clique. Basta instalar o app no seu smartphone ou tablet, instalar este software para Windows, conectar seu dispositivo ao PC via USB e clicar em “Start”.

O app faz tudo sozinho: baixa a ROM estável mais recente, desbloqueia o bootloader (se necessário), e não requer root no aparelho. Você rodará uma versão baseada no Android 4.2 (CyanogenMod 10.1), e receberá updates à medida que a equipe atualiza o sistema.

Eles recomendam que, antes de tudo, você faça backup dos seus dados e carregue a bateria. Para voltar à ROM original, o processo é um pouco mais complicado: você precisará restaurar o backup manualmente.

Por enquanto, a lista de dispositivos compatíveis é relativamente curta: Samsung Galaxy S II, Galaxy S III, Galaxy S4, Galaxy Note, Galaxy Note II, Nexus S, Galaxy Nexus, Nexus 4, Nexus 7 (Wi-Fi/3G), Nexus 7 2013 (Wi-Fi), Nexus 10 e HTC One. No entanto, ela deve aumentar com o tempo.

Esta é uma das iniciativas da Cyanogen após receber investimentos de US$ 7 milhões: eles querem ter o terceiro OS móvel mais usado do mundo, superando Windows Phone e BlackBerry OS. (Kirk McMaster, CEO da empresa, diz que a base de usuários do CM já é igual ou maior do que o Windows Phone.) Para alcançar esse objetivo, a Cyanogen também fechou acordo com uma fabricante, para lançar um smartphone que roda sua ROM customizada direto da caixa.

Baixe o CyanogenMod Installer no link a seguir:

[Play Store via Droid Life via Manual do Usuário]

Anúncios

android-gifNos idos de 1894, um inventor chamado Herman Casler abriu uma empresa que fazia mutoscópios, um aparelho que animava imagens estáticas usando uma manivela. Casler provavelmente nunca imaginou que uma versão do seu dispositivo seria usada para animar arquivos digitais: conheça o gifoscópio.

Este ano, o estúdio de design italiano Officina K reimaginou a invenção de Casler. Na sua essência, o Giphoscope é basicamente o mesmo dispositivo: um anel de alumínio que segura várias centenas de fotografias estáticas, que podem ser giradas com uma pequena manivela. Mas nele, as imagens são obtidas a partir de GIFs, ao invés de fotografias antigas. (mais…)

Em uma apresentação para jornalistas esta manhã, a TomTom apresentou o TomTom Traffic, serviço que já está disponível há algum tempo nos aplicativos da TomTom dos Estados Unidos e Europa, e que a partir de janeiro de 2014 estará também disponível para nós brasileiros. O serviço inclui a previsão de trânsito, indicando se um congestionamento está crescendo ou se dispersando, além de calcular quanto tempo o atraso causará na locomoção do usuário.

O lançamento do TomTom Traffic para o Brasil, é uma ótima notícia para quem possui o fantástico App TomTom Brasil, que infelizmente ainda não contava com informações de trânsito. Pensando bem, a informação em tempo real sobre o trânsito é tão importante quanto mostrar o caminho, pois de nada adianta uma rota, se esta estiver completamente congestionada. Na versão americana do app por exemplo, as rotas são traçadas de acordo com o trânsito, oferecendo ao usuário sempre o melhor e mais rápido percurso, algo que ainda não tínhamos por aqui, e que finalmente teremos. Agora sim!

Mas nem tudo é festa, pelo menos por enquanto… O TomTom Traffic já está funcionando, mas neste primeiro momento apenas internamente, em caráter de teste, e para para empresas e governos que precisarem de dados de trânsito em tempo real para realizarem projetos ou otimizarem seus negócios. A partir do início de 2014 estará finalmente disponível para usuários do App para iOS e Android. Vale lembrar também, que o serviço é pago, e o usuário pode adquiri-lo através de uma in-app purchase. A assinatura pode ser mensal ou anual.

Durante a apresentação, que aconteceu de manhã na agência Ogilvy, ouvi o pessoal comentando que o TomTom Traffic é como o Waze do Google… Porém não é bem assim não. O Waze é muito mais limitado que o serviço da TomTom, e não oferece por exemplo mudança de rota durante o percurso, caso a que tenha sido escolhida fique muito congestionada. No TomTom Traffic isso não acontece, pois a atualização é constante e o app sugere uma mudança de rota sempre que achar que uma outra está mais livre!

Mas e a precisão…? Bom, para ser precisa e confiável, a informação não pode ser coletada de apenas uma fonte, certo? Sim, e para ter um mapeamento preciso do trânsito, a TomTom capta informação de inúmeras fontes, sejam elas oficiais (como CET e órgãos públicos), ou particulares, como carros rastreadores e outros smartphones conectados.

“A quantidade de carros circulando nas ruas do Brasil aumentou 119% na última década, causando gravidade no trânsito. As alternativas estruturais para enfrentar os congestionamentos, como a construção de novas estradas ou o alargamento das que já existem não são mais eficazes. Por isso, informações precisas de tráfego em tempo real são uma forma eficiente para evitar o congestionamento”, explica Ralf-Peter Schäfer, Chefe de Tráfego Global da TomTom.

A TomTom é referência mundial quando o assunto é GPS, e o aplicativo para iOS é fantástico, faltava mesmo somente passar a ter atualização em tempo real do trânsito, para que ficasse absolutamente perfeito. Problema resolvido!

Curiosidade: Perguntei se a adoção do aplicativo da TomTom para iOS e Android fez com que a venda de aparelhos de GPS deles caíssem. A resposta foi categórica, em números de aparelhos GPS sim, caiu, mas a lucratividade gerada por eles aumentou. Para você entender melhor, o que aconteceu foi o seguinte: Aparelhos GPS mais simples da TomTom, tiveram as vendas reduzidas, mas os modelos top de linha mantiveram e até aumentaram suas vendas.

Aparelho GPS TomTom top de linha mostrado durante o evento de hoje.

A mesma coisa aconteceu no mercado de câmeras digitais… Com os smartphones, o mercado de câmeras compactas e simples despencou, mas em compensação, o mercado de DSLR’s e câmeras mais avançadas aumentou muito. A mesma realidade se aplica ao mercado de GPS da TomTom. Com o app deles para iOS e Android, os modelos de GPS mais simples tiveram queda nas vendas, mas os modelos mais avançados tiveram aumento de vendas.

A notícia da chegada do TomTom Traffic no Brasil foi muito bem vinda e era esperada a bastante tempo… Enfim teremos como escapar, ou ao menos melhorar um pouco o tempo que perdemos parados no trânsito!

[ANDROID] Instalar CYANOGENMOD 10 (JELLY BEAN) NO GALAXY NOTE

O pessoal do CyanogenMod, que desenvolve as ROMs modificadas de Android com ajuda de uma grande comunidade de usuários, quer dar um passo adiante e deixar de ser apenas uma modificação do Android para se tornar um sistema operacional quase independente.

Quase independente, já que ele ainda vai ter como base o Android. Mas agora ele vai ser um sistema derivado do Android com objetivo de se tornar o terceiro mais usado em dispositivos móveis no planeta – superando Windows Phone e BlackBerry OS.

A empresa por trás do CyanogenMod recebeu investimentos de US$ 7 milhões para começar a sua nova aventura. Os recursos dos fundos Benchmark Capital e Redpoint Ventures, e os planos de crescimento foram detalhados em um post no assinado por Steve Kondik, um dos principais colaboradores da plataforma. Como nova empresa de software, o CyanongenMod quer recuperar uma ideia que o Android perdeu:

O Google dizimou completamente um setor inteiro da indústria ao lançar o Android em código aberto, e o CM se tornou algo como uma luta revolucionária alternativa contra os players nesta indústria que ainda se apoiam na ideia antiquada de tentar vender-lhe um novo telefone descartável a cada dois anos enquanto cobram um preço premium por coisas triviais. Nós sabemos que não são mais apenas telefones, são máquinas poderosas com capacidades imensas, e nós podemos fazer com que elas funcionem da forma que quisermos.

Uma das principais características do CyanogenMod é exatamente essa de superar as limitações de software impostas por fabricantes. Seu smartphone não recebeu a versão mais recente do Android? Não se preocupe: (mais…)

Sem_Photoshop-b

Magnum Photos, organização de 66 anos responsável por fotografias e impressão em câmara escura em Nova York, cuidou de muito mais fotos famosas do que você jamais será capaz de olhar. O mestre da Magnum, Pablo Inirio, editava imagens muito antes do Photoshop existir. E agora podemos ver como era o seu processo.

Estas imagens de antes e depois mostram como Inirio marcava cuidadosamente cada imagem antes da impressão final. Antes do Photoshop, você precisava desenvolver pacientemente um negativo diversas vezes, voltando para marcar e queimar áreas específicas com base no que você não gostava nas fotos. Muito tempo era consumido até você desenvolver uma forma de fazer isso de maneira eficiente. Um dos jeitos era fazer anotações nas fotos que você gastou muito tempo editando.

ku-xlarge (20)

Observar este fluxo de trabalho me faz ficar insatisfeito com o Photoshop e seus resultados instantâneos. É muito fácil aplicar filtros por cima de qualquer coisa que eu fotografo para dar um ar mais dramático. Os tempos mudaram.

[The Literate Lens via Photographers on the Brain]

erro_vs2010

Depois da ideia de desinstalar TODO o meu Sql Server R2, devido a SAGA que passei com o report service…

Fiz aa desinstalação completa do Sql 2008 R2, e instalei o 2012.

Abri novamente o Visual Studio 2010 e me deparei com o erro:

“The ‘VSTS for Database Professionals Sql Server Data-tier Application’ package did not load correctly”

erro VSTS for Database

Atualizando o SQL ou instalar ferramentas de gerenciamento do SQL (e várias outras ações) pode quebrar o Visual Studio 2010 e causar esse erro.

Isso ocorre porque o SQL Express 2008 é parte da instalação do Visual Studio 2010 e  interferir com o esquema do SQL causa um erro.

Uma pesquisada, uma fuçada e a solução: (mais…)

Com muitas promessas, a tecnologia em nuvem (ou cloud computing ) acaba de chegar ao mercado de pagamentos por cartão de crédito e débito. Pretendendo agilizar as transações e reduzir em 20% os custos do processo, a Oi anunciou nesta quinta-feira (5), durante o congresso C4, o lançamento de uma ferramenta voltada para médias e grandes empresas.

Supermercados, postos de gasolina, hotéis, lojas e clínicas de saúde são os principais alvos da tecnologia de hospedagem na nuvem, que pretende acabar com a indisponibilidade das maquininhas de pagamento, através de uma conexão por IP sobre 3G.

“Os pontos de venda não podem mais ficar indisponíveis. A nuvem permite aumentar a disponibilidade do sistema com o mercado varejista”, explica Luiz Carlos Faray de Aquino, gerente de dados da Oi.

O conceito de nuvem foi implantado, a princípio, por empresas como Microsoft, IBM, Google e Amazon. Agora, a tecnologia começa a integrar segmentos do mercado além do setor de TI. Na nuvem, todo o tráfego de dados é compartilhado em forma de grade, de qualquer parte do mundo, sem necessidade de instalação de programas ou de unidades físicas.

A Oi pretende utilizar seus cinco data centers espalhados pelo País para viabilizar a transmissão simultânea das informações para as bandeiras que operam os cartões. Atualmente, mais de mil redes de varejo trafegam seus dados através da rede da empresa. (mais…)

cabo submarino

A internet chega até nós via milhares de quilômetros de cabeamento físico, e boa parte dele tem que se estender sob o mar, a fim de tornar a rede verdadeiramente internacional. É isso que há dentro deles.

Quando os cabos submarinos não estão sendo espionados pelos EUA ou cortados por criminosos, eles têm que lidar com algumas condições bem adversas. A água salgada de alta pressão não faz bem a nenhum link de comunicação – e nem deslocamentos geológicos e outras atividades abaixo do mar.

Por isso, a fibra óptica que permite assistir a vídeos de gato armazenados no outro lado do mundo é fortemente reforçada, para garantir que falhas de internet sejam uma exceção, e não a regra.

A fibra óptica é envolta em vaselina, e fica dentro de finos tubos de cobre ou alumínio. Eles são cobertos por policarbonato, e então por uma barreira de alumínio, que impede a entrada de água. Ao redor dela, ficam os grossos cabos de aço que você vê na imagem acima; por sua vez, eles são envoltos por um filme poliéster boPET. Tudo é então coberto por uma camada externa de polietileno. (mais…)

O USB Promoter Group anunciou uma atualização para o USB 3.0 que o transforma em uma plataforma capaz de transferir dados a uma velocidade de 10 Gbps, o que a coloca no mesmo patamar do concorrente Thunderbolt, até então o mais rápido de todos. Tal novidade está confirmada e ganhou o nome de USB 3.1.

O órgão ainda divulgou as especificações para rodar o novo sistema SuperSpeed USB para atingir a tal velocidade máxima, que usa um melhor sistema de codificação de dados para fazer a transmissão com o dobro de eficiência.

Ele ainda terá alguma compatibilidade com cabos e conectores de versões antigas. Por enquanto, não há como saber quais serão os primeiros dispositivos que vão contar com o USB 3.1, mas uma conferência sobre o novo modelo já será realizada em 21 de agosto para desenvolvedores interessados, ou seja, se algum fabricante correr, aparelhos com o formato podem surgir ainda em 2013.

rom cwm logo

Muito falamos sobre a instalação e uso do CWM, mas vejamos o que e para que serve cada uma de suas opções

  • Apply update from sdcard.
  • Wipe cache partition
  • Wipe data/factory reset
  • Install zip from sdcard
  • Backup and Restore
  • Mounts and storage
  • Advanced

1- Apply update form sdcard:

       Está opção pode ser usada  para a instalação de qualquer atualização oficial ou não oficial, ROM,kernel e tema que estejam em formato .zip e que sejá instalável a partir do Recovery  ,o arquivo deve se chamar update.zip e estar localizado na raiz do sdcard(ou seja, não em qualquer sub-pasta).

2 – Wipe cache partition:

        Limpa a partição cache do dispositivo para liberar todos os dados acumulados em excesso . Isto é frequentemente usado antes de instalar uma nova ROM, app kernel, ou qualquer modificação similar via Recovery.        (mais…)