Arquivo da categoria ‘C#’

 

erro_sqlserver

Os construtores de valor de tabela podem ser usados de uma de duas maneiras: diretamente na lista de VALUES de uma instrução INSERT … VALUES, ou como uma tabela derivada em qualquer lugar em que são permitidas tabelas derivadas. O número máximo de linhas que podem ser construídas inserindo linhas diretamente na lista de VALUES é 1000.

sql_Msg 10738

ERRO:

O erro 10738 será retornado se o número de linhas exceder 1000 nesse caso. Para inserir mais de 1000 linhas, use um dos métodos a seguir: (mais…)

Anúncios

erro_vs2010

Quando precisar fazer uma consulta SQL que demore muito, devido ao grande numero de dados que ela retorna, pode ter se deparado alguma vez com o erro logo abaixo.
Por padrão o CommandTimeout do SqlCommand é de 30 segundos. No meu caso precisei do dobro para concluir sem erro.

Como aumentar tempo limite de conexão:

SqlCommand cmd = new SqlCommand(sSQL, sConn);
cmd.CommandTimeout = 120; //default 30 segundos

Erro descrito: (mais…)

Dica

Para definir o tempo da Sessão podemos usar o Web.Config.
Por padrão a duração da Sessão é de 20min, neste exemplo o tempo de vida da Sessão foi definido em 1 hora.

<configuration>
  <system.web>
    <sessionState timeout="60"></sessionState>
  </system.web>
</configuration>

 

erro_vs2010

Erro de Servidor no Aplicativo ‘/Site’.


Um valor possivelmente perigoso Request.Form foi detectado no cliente (txtMessage=”<br />”).

Descrição: A validação de solicitação detectou um valor de entrada de cliente possivelmente perigoso e o processamento da solicitação foi anulado. Esse valor pode indicar uma tentativa de comprometer a segurança do aplicativo, como um ataque de script em diferentes locais. Você pode desativar a validação de solicitação definindo validateRequest=false na diretiva Page ou na seção de configuração

(A potentially dangerous Request.Form value was detected from the client.)

Solução para o problema:

O recurso de validação de solicitação do ASP.NET impede que o servidor aceite conteúdo com HTML, por isso esse erro acontece.

Para resolver este problema basta adicionar o seguinte código no web.config

<system.web>

<httpRuntime requestValidationMode=“2.0” />

<pages validateRequest=“false” />

</system.web>

Adicionar o validateRequest no web.config tornara isso global, ou seja, aplicará isso para todas as páginas.

Você pode adicionar o validateRequest=”false” apenas em uma página especifica se quiser. Para isso adicione o validateRequest na primeira linha da página, como no exemplo abaixo.

<%@ Page Language=“C#” validateRequest=“false” %>

erro_vs2010

E estamos lá na vida dura.. quando no meio de uns testes aparece a maravilhosa mensagem de erro:

Sys.WebForms.PageRequestManager’ is null or not an object

ou ainda:

Não é possível obter o valor da propriedade ‘PageRequestManager’ o objeto é nulo ou não definido

erro_PageRequestManager (mais…)

erro_vs2010

Eis que durante testes de publicação de um website desenvolvido em Asp.net 4.0, surge o maravilhoso erro

  • Unrecognized attributetargetFramework‘. Note that attribute names are case-sensitive.

Configuration Error

Description: Ocorreu um erro durante o processamento de um arquivo de configuração necessário para atender esta solicitação. Examine os detalhes específicos do erro e modifique o seu arquivo de configuração apropriadamente.


Parser Error Message: Unrecognized attribute ‘targetFramework’. Note that attribute names are case-sensitive.
Source Error:

Line 10:   </connectionStrings>
Line 11:   <system.web>
Line 12:     <compilation debug="true" targetFramework="4.0">
Line 13:       <assemblies>
Line 14:         <add assembly="System.Design, Version=4.0.0.0, Culture=neutral, PublicKeyToken=B03F5F7F11D50A3A" />

 

E ai vem a solução:
(mais…)

boasPraticas

JavaScript

Depois de alguns diversos casos de falta de padronização e com o apoio do amigo Marcelo Aguirre ( sim o irmão do Dedé que ta sempre por aqui)…

Retirei esta tabela do MSDN, e acho(e uso!) interessante essas regras pois ajudam a manter o código mais organizado !!!

Tá certo que nem todos os componentes são iguais e algums nem existam no java, mas muitos caem como uma luva, como o lbl(Label), btn(Button), txt(TextBox), frm(Form{na verdade é frame ne =P}) e etc …

Ta aí a tabelinha bonitinha das regras que ajudam a manter um código limpo. (mais…)

erro_sqlserver

Você faz um select simples pensando que vai obter o resultado até que surge o seguinte erro:

“The text data type cannot be selected as DISTINCT because it is not comparable”

Traduzindo: O tipo de dados texto não pode ser selecionado como DISTINCT, pois não é comparável

A solução também é simples. (mais…)

Identando Seus códigos.
  • Bom, depois de muito tempo sem postar releases/projetos,
    resolvi postar algo que pouca gente sabe…
  • primieiramente, pegue o polegar da mão direita e coloque no centro de sua testa
    fazendo 5 giros.todo mundo conhece as programações mais famosas,C#, PHP,JAVASCRIPT, DELPHI,CSS,C++ etc …
    mais o principal pouco sabem, é o que vamos utilizará aqui, tem na maioria das programações.

indentação (recuo, neologismo derivado da palavra em inglês indentation[1][2]) é um termo aplicado ao código fonte de um programa para indicar que os elementos hierarquicamente dispostos têm o mesmo avanço relativamente à posição (x,0).

Na maioria das linguagens a indentação tem um papel meramente estético, tornando a leitura do código fonte muito mais fácil (read-friendly), porém é obrigatória em outras. Python, Occam e Haskell, por exemplo, utilizam-se desse recurso tornando desnecessário o uso de certos identificadores de blocos (“begin” e/ou “end”).

A verdadeira valia deste processo é visível em arquivos de código fonte extensos, não se fazendo sentir tanto a sua necessidade em arquivos pequenos (relativamente ao número de linhas). Para qualquer programador, deve ser um critério a ter em conta, principalmente, por aqueles que pretendam partilhar o seu código com outros. A indentação facilita também a modificação, seja para correção ou aprimoramento, do código fonte.

Existem centenas de estilos de indentação, mas, basicamente, consiste na adição de tabulações no início de cada linha na quantidade equivalente ao número de blocos em que cada linha está contida.

  • Identando seu código
    – Para Identar seu código são usados o TAB (que mostra score) e o espaço.
    Como é um código mal identado? (mais…)

Dica

Suponha que você precise pesquisar pelo no banco de dados um nome exatamente como ele foi inserido, vamos supor que seja aaaA, mas no seu banco de dados você já tem os valores AAAA, aaaa, AaaA e aaaA, a query abaixo retornará 4 linhas como resultado:

1 SELECT FROM tabela WHERE coluna = 'aaaA'

Para fazer o uso de case sensitive nessa coluna basta adicionar o collation como abaixo:

1 SELECT FROM tabela WHERE coluna COLLATE Latin1_General_CS_AS = 'aaaA'

Esse collation faz com que a busca seja feita com uso de case sensitive

Para alterar o collation da tabela definitivamente basta alterar a tabela da seguinte maneira: (mais…)