Por enquanto, o 4G procura atender um tipo específico de cliente: aqueles que procuram planos com franquia maior. Se você se encaixa no perfil – e já tem um aparelho compatível – então adquira um plano 4G. Você não vai pagar nada a mais; e dependendo da operadora, o plano 4G será a única opção.

Isto supõe que você está disposto a pagar mais por mês. A exceção, no caso, é a TIM: como todosos planos de dados viraram 4G, você pode pagar a partir de R$21,90 (com franquia de apenas 300MB) para utilizar a nova rede.

Mas se você procura as velocidades do 4G e não quer pagar caro (e prefere não entrar na TIM), o jeito é esperar até que o 4G chegue a mais opções de planos, e a preços menores. Se você não está na área de cobertura do 4G, é claro, você também terá que esperar.

Obedecendo o prazo estabelecido pela Anatel, as quatro maiores operadoras brasileiras de celular anunciaram, até o final de abril, seus planos 4G. Com promessa de velocidade até 10 vezes maior, agora começa o primeiro estágio do 4G no Brasil.

Mas onde o serviço está disponível? Como adquiri-lo? E quanto ele custa no modem, no tablet ou no computador? Respondemos essas dúvidas abaixo.

O que o 4G oferece?

Basicamente, velocidades maiores que o 3G. Todas as operadoras garantem, no contrato, velocidades de 5Mbps, contra até 1Mbps na maioria dos planos 3G.

Isto facilita o acesso a arquivos na nuvem e a streaming de vídeos, além de permitir videochamadas ou upload de vídeo com mais velocidade, e deve eliminar qualquer espera na hora de consultar email, ver páginas da web e outras tarefas onde mesmo o 3G não funciona de forma ideal.

E, enquanto a nova tecnologia está sendo implementada, algumas operadoras oferecem velocidades maiores:

  • a Oi diz que “oferece taxa de transmissão entre 5Mbps e 12 Mbps”;
  • a Vivo afirma que seus planos “não têm velocidade limitada a 5Mbps”, e o valor “encontra-se no contrato como velocidade de referência”;
  • e a Claro diz que “a velocidade mínima do 4GMax é de 5Mbps” e pode ser maior que isto, “dependendo da demanda de utilização e da região com a cobertura”; em testes da Folha em São Paulo, a taxa de download chegou a 13 Mbps fora de condições de teste.

Estamos com aparelhos 4G e teremos nossos testes em breve.

Onde o 4G está disponível?

claro-cobertura-4g

Por ordens da Anatel, todas as seis cidades-sede da Copa das Confederações dispõem de serviço 4G nas quatro operadoras. Claro e Vivo, no entanto, decidiram oferecer o 4G em mais cidades; você confere a lista completa abaixo.

– Claro: Belo Horizonte, Brasília, Búzios, Campos do Jordão, Curitiba, Fortaleza, Parati, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo, Porto Alegre

– Vivo: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo; região do ABC (Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul) até o final de maio

– TIM: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador

– Oi: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador

Se você não está em alguma destas cidades, terá que esperar um pouco. Segundo a Anatel, as sedes e subsedes da Copa do Mundo – Cuiabá, Curitiba, Manaus, Natal, Porto Alegre e São Paulo – deverão ter 4G até o final deste ano nas quatro operadoras.

Mas, por enquanto, a rede 4G ainda não cobre as cidades como um todo: só algumas áreas dispõem do serviço. Se você mora em uma das cidades na lista acima, visite os sites a seguir para saber qual a área de cobertura do 4G: Vivo | Claro | Oi | TIM

Quais aparelhos funcionam com o 4G?

aparelhos-4g

Para usar o 4G, você precisa de um smartphone ou modem compatível com a tecnologia. Além dos modems 4G vendidos por operadoras – como o Huawei E3276 – estes são os aparelhos compatíveis à venda no mercado, com preço sugerido:

  • Motorola Razr HD (R$1.699)
  • Samsung Galaxy S4 (R$2.499, em breve)
  • Samsung Galaxy SIII LTE (R$1.999)
  • Samsung Galaxy Express (R$1.349)
  • LG Optimus G (R$1.999)
  • LG Optimus F5 (R$1.199, em breve)
  • Sony Xperia ZQ (R$1.999)
  • Nokia Lumia 920 (R$1.999)
  • Nokia Lumia 820 (R$1.459)
  • BlackBerry Z10 (R$2.699, em breve)

Dependendo da operadora e do plano, o preço pode ser bem menor com descontos no pós-pago.

Alguns tablets também são compatíveis, como o Samsung Galaxy Note 10.1 4G (R$2.199).

E quanto a aparelhos importados? Provavelmente eles não funcionarão no 4G brasileiro, que usa a banda LTE 7. Os EUA usam outras bandas (4, 13, 25), enquanto países da Europa se concentram nas bandas 3 e 20. Alguns países europeus também usam o LTE 7, mas é importante verificar se o aparelho é compatível com a frequência de 2.600MHz que usamos.

Vale lembrar que nenhum iPhone ou iPad é compatível com o 4G brasileiro.

Planos e preços

Por enquanto, as operadoras concentram suas ofertas de 4G em planos pós-pagos. Paramodems/tablets, temos os seguintes:

planos-4g-modem

Todas as operadoras oferecem velocidade contratual de 5 Mbps, mas como dissemos, a conexão pode ser mais rápida a critério da operadora. Mas se você consumir a franquia, a velocidade despenca para níveis de 2G.

Para utilizar a rede 4G, você precisa de um modem compatível. Se você estiver fora da área de cobertura 4G, vai utilizar a rede 3G ou EDGE disponível.

Os planos para smartphones variam um pouco. Na TIM, Claro e Oi, você pode contratar pacotes associados a qualquer plano de voz. Abaixo seguem os preços da internet no celular (voz/mensagens/roaming à parte):

planos-4g-smart-pacotes

Na Vivo, no entanto, o pacote de dados está associado a planos de voz específicos, e seus preços variam de um estado para outro:

planos-4g-smart

Da mesma forma, você precisa de um dos smartphones 4G citados acima, e precisa estar na área de cobertura para usar a rede – senão você ficará no 3G ou EDGE.

A TIM diz que vai oferecer o 4G também para clientes pré-pagos, nos planos Infinity Web e Infinity Web Modem; no entanto, a velocidade de acesso estará limitada a 1Mbps.

Como contratar?

Se você já tem um plano de dados e mora em cidade com cobertura 4G, entre em contato com sua operadora para fazer o “upgrade”. Por exemplo, clientes da Claro com pacote de dados a partir de 2GB no celular (ou 5GB no modem) podem apenas ligar para a operadora e perguntar como ativar o 4G. Quem é cliente TIM pode ir em uma loja da operadora e pedir o chip 4G; ele custa R$10.

Se você não tem pacote de dados em nenhuma operadora, basta entrar em contato via telefone ou ir a uma das lojas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s