Dia do Profissional de TI ( via vidadeprogramador)

Publicado: 21/10/2012 em Cotidiano, Formação, Humor, Internet, Mundo, Programação, Vida

 

O post abaixo foi COPIADO do site VidadeProgramador, cujo acompanho e ” vivo ” muitos dos casos vistos por lá…

Esse post reflete TOTALMENTE o que penso e por isso divulguei aqui:

Engraçado, só ontem recebi um pedido para divulgar um abaixo-assinado a favor da regulamentação da profissão e um pedido para divulgar um abaixo-assinado contra a regulamentação…

Não é um assunto fácil, mas quero deixar aqui alguns motivos que me levam a ser a favor da regulamentação.

  • Numa profissão regulamentada, é possível estabelecer um piso salarial. Por exemplo, um engenheiro civil, mesmo que seja um ruinzinho, recebe pelo menos R$5.620,00 (se peguei o valor certo). Mas esse não é o principal motivo.
  • Hoje, um profissional de TI paga uma contribuição sindical que não se sabe para onde vai nem como é usada. Se houver um órgão definido, saberemos para onde vai esse dinheiro (apesar de continuarmos não sabendo como é usado). Mas esse não é o principal motivo.
  • Com a regulamentação, um conselho pode intervir para evitar abusos e absurdos cometidos por maus profissionais que queimam a profissão.Mas esse não é o principal motivo.
  • Na minha opinião, o principal motivo para uma regulamentação é estabelecer uma descrição de cargos. Muitas tirinhas já passaram por aqui com histórias de programadores que precisam dar suporte, cuidar da infra-estrutura, administrar bancos de dados e fazer o café. Uma descrição de cargos deve especificar o que cada função é responsável, para que você possa fazer o seu trabalho direito. Ter que realizar outras funções deveria ser caracterizado como acúmulo de funções e remunerado de acordo.

Além disso, sempre que se toca no assunto vem a discussão sobre pessoas formadas e não formadas, se a regulamentação vai tirar bons profissionais só porque não são formados…

Na minha opinião, não tem cabimento cobrar formação superior de um programador (ou algumas outras funções). Afinal, você conhece alguém que se formou em um curso superior de “Programação de Computadores”?

Existem cursos superiores de Ciência da Computação, Análise de Sistemas, Engenharia da Computação, … Que formam profissionais que são mais do que só programadores, porém muitas vezes são todos registrados como programadores, e todo mundo nivelado por baixo, para que as empresas possam pagar pouco. Isso é outro problema da falta de descrição de cargos…

Pra ser sincero, não ando acompanhando muito a discussão (e posso até ter escrito alguma bobeira por isso), mas, na minha opinião, mesmo que a regulamentação não seja muito bem feita (perfeita nunca vai ser), uma regulamentação meio POG ainda seria melhor do que nenhuma regulamentação.

A TI move o mundo, move o Brasil. Está na hora de pararmos de sermos vistos como “o menino que mexe no computador”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s