Hoje domingo (29), entra em vigor a determinação da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) que estabelece a inclusão de mais um dígito nos números de celulares em municípios do Estados de São Paulo – todos com prefixo 11. Com isso, os aparelhos passam a ter a seguinte identificação: 9XXXX-XXXX. Se você tem uma lista de contatos grande no celular, atualizá-la manualmente passa a ser uma tarefa cansativa. Felizmente, no caso de smartphones, aplicativos realizam esse trabalho de forma bem mais rápida.

Celulares com DDD 11 ganham um dígito a mais…

A Anatel decidiu que todos os celulares com DDD 11 vão ganhar um dígito a mais. É simples: basta acrescentar o número 9 na frente do celular. Ou seja, agora você disca 9xxxx-xxxx.

Se você está fora do DDD 11, também precisa discar 9: o número agora fica na forma 0 + código da operadora + 11 + 9xxxx-xxxx.

Vale lembrar que é preciso discar 9 mesmo se for para enviar mensagens de texto. Você está ligando de um telefone fixo? Também tem que discar 9. A mudança é obrigatória e compulsória.

…mas telefones fixos e Nextel não recebem o dígito 9…

Atenção: números de telefone fixo no DDD 11 continuam exatamente os mesmos. Não importa se o número for Vivo Fixo (ex-Telefônica), Claro Fixo (ex-Livre da Embratel), ou de qualquer outra operadora de fixo: ele não será afetado.

Além disso, números Nextel permanecem com oito dígitos: a operadora explica que seus prefixos 79xx, 78xx, 77xx e 70xx no DDD 11 não são afetados, e continuam como estão.

…então fique esperto ao atualizar sua lista de contatos.

Como apenas 14% dos brasileiros usam smartphone, para muitos o dígito 9 vai dar trabalho. Se você tem um dumbphone, fique atento ao que dissemos antes: só celulares com DDD 11 ganham o novo dígito – fixos e Nextel estão de fora.

Se você tem um smartphone, a mudança será bem simples: basta baixar um app e ele cuida disso para você, já levando em conta aquelas exceções. Veja os principais apps para cada plataforma:

  • Nono Dígito

Alternativa gratuita mais baixada pelos brasileiros na loja de aplicativos da Apple para smartphones. O nonoDígito (disponível para iOS e também para Android) permite ao usuário escolher se quer atualizar também os números sem DDD ou apenas aqueles em que essa informação aparece (ex: 011 XXXX-XXXX).

Feita a escolha, basta clicar em Atualizar contatos. Terminado o processo, ele exibe os números que ganharam o novo dígito, mas não segue a ordem alfabética no nome dos contatos – isso dificulta a visualização. Se algo estiver errado, basta tocar no botão Desfazer.

Grátis
Para smartphones iOS
Para smartphones Android

 

  • 9Digito

Logo que o usuário abre o aplicativo, o 9Digito (disponível para iOS e Android) exibe um relatório com informações como o número total de telefones, quantos estão sem DDD e até uma estimativa de tempo que será economizado com o uso do programa.

Ele também permite formatar a exibição e selecionar uma operadora para chamadas de longa distância. Antes de iniciar o processo de inclusão do número 9, ele exibe os contatos que serão convertidos e como eles ficarão. Ele também cria um backup automático, para que usuário desfaça as alterações, se desejar.

R$ 2
Para smartphones iOS
Para smartphones Android 

 

  • SP+9

Aplicativo para iPhone com interface bem explicativa, ele mostra quantos dias faltam para a mudança, além da quantidade de contatos que serão alterados. Depois de conferir se o DDD é 011, o software faz a conversão. Ele mantém o número antigo e inclui outro, já atualizado. Os desenvolvedores afirmam que, no dia 29 de julho, o programa removerá os telefones antigos.

Durante os testes, o botão Remover ignorou alguns contatos, não realizando a atualização. É possível testar a versão gratuita antes da aquisição, convertendo dez contatos.

R$ 2
Para smartphones iOS

 

  • Digito9

Este aplicativo gratuito para Android traz um bom volume de informações sobre a mudança, como a lista de cidades afetadas, se as chamadas serão completadas para ligações com oito dígitos e se os números fixos sofrerão alterações.

É possível escolher entre modificar o número atual ou criar um novo número, mantendo o anterior. Selecionada essa alternativa, ele exibe a quantidade de contatos e faz a conversão na hora, mas sem exibir botões que possam desfazer o processo.

Grátis
Para smartphones Android

Não se conhece nenhum app do tipo para Windows Phone ou Symbian. Nessas plataformas, pelo visto, a mudança será manual. Seria interessante um programa para Windows/Mac que atualize a agenda exportada do celular, mas também não conhecemos uma solução do tipo.

…e foi a solução mais simples que a Anatel criou.

O DDD 11 é o código da cidade de São Paulo e outros 63 municípios da região metropolitana. Na região já existem 42 milhões de chips em uso ou para venda, o que corresponde a 95% do limite. Com o dígito a mais, é possível criar até 90 milhões de novos números.

Só que antes, os números de celular no DDD 11 estavam acabando. Provisoriamente, a Anatel permitiu a criação de celulares começando com 5, dígito antes reservado para telefones fixos. E a agência considerou possíveis soluções para resolver isto.

Uma delas era  criar o DDD 10: ele valeria para São Paulo e região metropolitana, e iria conviver com o DDD 11. Números novos teriam o DDD novo, mas ligações entre os códigos 10 e 11 seriam tarifadas como locais. Isso seria muito confuso e colocaria até cinco dígitos (0xx10) em todo número de celular. Felizmente, a ideia foi deixada de lado, e implementou-se o dígito 9.

[via G1]

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s